Archive for the 'Preconceito' Category

Respeite as diferenças :: Homossexualismo

Anúncios

Certo e errado

O que é certo e errado perante a “crise das certezas” que domina a humanidade?
Quais são as bússolas para nortear a conduta nesse cenário de transformções porque passamos?
 
A palavra CONCEITO quer dizer idéia que temos de algo ou alguém.
Analisamos a vida e os fatos pela ótica individual de nossas conceituações.
Nosso entendimento não ultrapassa esse limite.
 
Alguns desse conceitos resultam da vivência. Chamamo-los de EXPERIÊNCIA.
Outros são frutos da capacidade de pensar e adquitir conhecimento.
Quando criamos fixação emocional a esse padrão, nasce o preconceito.
 
A experiência leva ao discernimento. O discernimento é a porta da compreensão.
A compreensão identifica a Verdade.
 
Os preconceitos conduz ao julgamento.
O julgamento sustenta os rótulos. Os rótulos distanciam da realidade.
 
Certo e errado são critérios sociais mutáveis.
 
Individuação é o processo de expressar nossa singularidade, o ato de talhar a
individualidade, aquele ser distinto e único que esta latente dentro de nós.
 
Na individuação o criterio certo/errado é substituido por algumas perguntas:
Comvém ou não?
Necessito ou não necessito?
Quero ou não quero?
Serve ou não serve?
 
Questões cujas respostas vêm do coração.

Ermance Dufaux

Preconceito

Tendo-o visto lhe disse: Zaqueu, apressai-vos em descer,
porque é preciso que eu me aloje hoje em vossa casa.
Zaqueu desceu logo e o recebeu com alegria.
Vendo isso, todos murmuraram dizendo:
Ele foi alojar-se na casa de um homem de má vida…”
 
Ter preconceitos é, assimilar as coisas com julgamento preestabelecido, fundamentado na opinião dos outros. Os preconceitos são as raizes de nossa infelicidade e sofrimento neurótico, pois deteriorizam nossa visão da vida.
Aceitamos certos valores dos adultos com quem convivemos, de uma maneira e forma tão sutis que nem percebemos.
Basta a criança observar um comentário sobre a sexualidade de alguém, ou a religião professada pelos vizinhos, para assimilar idéias e normas vivenciadas pelo adulto que promove a crítica.
 
Qual seria então a tua visão atual a respeito do sexo, religião, raça, velhice, nação, política e tantas outras?
 
Seriam formuladas unicamente sem a influência de outros?
 
Será que tua forma de ver a tudo e a todos não estaria repleta de obstáculos formados pelos teus conceitos preestabelecidos?
 
Jesus de Nazáré demonstrou ser plenamente imune a qualquer influência alheia quanto a seus sentimentos e sentidos de vida. Ao visitar a casa de Zaqueu, não deu a mínima importância aos murmúrios maldizentes das criaturas de estrutura psicológica infantil pois sabia caminhar discernindo por si mesmo.
 
Toda alma superior tem um sistema de valores não baseado em regras rígidas.
 
Nossos preconceitos são entraves ao nosso progresso.


Criado em 19 JUL 08

  • 2,932,548 visitas

Enter your email address to subscribe to this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 749 outros seguidores

Loja Virtual

Como roubar uma naninha 😁

Mensagens (Ordem Alfabética)