Archive for the ':: Paulo R. Gaefke' Category

Impermanência

Um dos princípios do ensinamento budista, e pilar de toda a sua filosofia, a IMPERMANÊNCIA é uma das lições mais caras e difíceis de aprendermos, e que deveríamos praticar todos os dias. Quase todo o sofrimento humano decorre do apego que mantemos pelas pessoas, objetos ou fatos que marcam a nossa vida. Reflita e veja a verdade nesta afirmação. Sabemos que tudo tem um fim, mas vivemos como se tudo fosse durar pela eternidade, por isso ainda nos espantamos com a morte, nos deprimimos com frustrações, sofremos com as traições, quase morremos com os rompimentos de relacionamento.

Não é fácil aceitar a IMPERMANÊNCIA, nem desapegar-se de coisas tão queridas, mas como disse o mestre Dogen: “Ensinamento que não parece forçar alguma coisa em você, não é verdadeiro ensinamento”. Pratique diariamente a IMPERMANÊNCIA, refletindo nas mudanças que já ocorreram com você e concentre-se na felicidade que é simples, mais simples do que imaginamos.Veja se você não está colocando seus sonhos em prateleiras altas, em tempos e lugares distantes demais. A felicidade costuma estar sempre perto de nós, nos lugares mais simples, ao alcance das mãos.Por isso, ainda hoje escutamos pessoas arrependidas dizerem: “Eu era feliz e não sabia”. Você é feliz por estar aqui e deveria saber disso, sempre!

Paulo Roberto Gaefke

Anúncios

Migalhas

Por Paulo Roberto Gaefke em 29/10/2009
Ora, se é para ir na feira e escolher a fruta, escolha a melhor!
leve para casa a mais suculenta, mais brilhante, mais doce.

Se é para ir ao açougue, e se o dinheiro dá, leve a melhor carne,
se pode comprar filet-mignon vai levar “coxão-duro” para o bife?

Vai comprar uma roupa?
Então escolha o melhor tecido, o melhor caimento e por favor:
escolha o número que se ajuste ao seu corpo.

Na hora do perfume, gosto não se discute, cada um com o seu,
mas por favor, não exagere, perfume é complemento, não é banho.

Vai prestar um concurso?
Então primeiro estude, depois faça promessa,
porque eu te garanto, nenhum “santo” ,
“vai descer” em você para fazer a sua prova.

Todo mundo quer o melhor da vida!
Mas, poucos sabem o que é “o melhor”.
Nos pedidos que fazem aos céus são infantis,
acham que voltar com tal pessoa é o máximo,
quando poderiam pedir para conhecer alguém
que realmente valha a pena.

Muitos “bacharéis” estão tentando uma vaga de gari na prefeitura do Rio,
tentando roubar a oportunidade de quem precisa ser “gari”.
E pode apostar, “vai chover” promessa para passar no concurso.

Gente desistindo da luta no meio do caminho,
gente topando “qualquer coisa” para “ser feliz”,
dando dízimo da aposentadoria da mãe,
comprando fitinha benzida pelo “sei lá quem”,
e a auto-estima no chão, derrubada, vazia.

É hora de acreditar no seu potencial!
É hora de pedir caviar aos céus,
acreditando que você merece o melhor.
É hora de deixar o vale da lamentação, dos gemidos,
das doenças imaginárias e virar o jogo.

CHEGA!
Chega de sofrer até pelo que não existe!
Só você, criatura divina, pode mudar o seu jogo.
Não tem pastor, santo, anjo, padre abençoado,
nem fita mágica que dê um jeito em quem não quer ter jeito!

Faça a sua parte, desperte, lute!

Caiu? levante!
escorregou? apoie-se!
errou? peça perdão e recomece.
chorou? limpe o rosto e prossiga!
doeu? assopre e siga!
tá sem rumo? Compre um guia.
amou? que bom, aprendeu o valor do amor.
Não deu certo? comece de novo.

É este o dia certo, para a pessoa certa, na hora certa:
você é a pessoa certa, na hora certa, no dia certo.
O resto é confusão mental.
Por favor, queira ser feliz e lute por esse direito,
a vitória só depende de você, não aceite migalhas!

Essa mensagem esta em PPS Karin – MIGALHAS.pps

Agradável ou Falso

AGRADÁVEL OU FALSO?

Pode apostar em uma coisa, quando você deixa de fazer algo ou alguma coisa por você, só para agradar uma outra pessoa, você vai ser infeliz e de quebra ainda vai reclamar de ingratidão em breve. Fazer aquele papel de bonzinho, querer agradar todo mundo 24 horas por dia é uma maneira bem rápida de criar malucos e infelizes.
O conceito de bondade que anda pela Terra, ainda é aquele de “serviçal”, ou seja; confunde-se amizade com escravidão e amor com servidão. Tem até gente que vive ainda pedindo “prova de amor”, “prova de amizade”, como se isso pudesse ser provado com apenas um ato ou ação.
O bom conceito de bondade é o que envolve a justiça, por isso Jesus reclamou quando um homem se aproximou e chamou-o de “bom homem”. Jesus replicou na hora e disse:
“Bom? Por que me chamas bom? Não há bom senão um só, que é Deus”.(MT 19-17).
Jesus era justo, e pregava o amor ao próximo e fazia a justiça. Assim também deve ser a nossa vida, pregar e viver a justiça, por que não existe um só homem neste planeta que é capaz de agradar a todos ao mesmo tempo. Insista em querer ser bonzinho e agradável e você vai se anular, vai deixar de viver para servir aos outros.
O pior de tudo é quando você resolve acabar com a “folga” daquela pessoa que você acostumou muito mal, sempre cedendo aos caprichos e desejos mais insensatos. Quando você falar o primeiro “não” com vontade, vai sentir a revolta, a mágoa, e vai receber na cara toda a ingratidão de quem só se aproveitou da situação.
Triste, mas é verdade.
Valorize-se e seja justo.
Se for preciso fazer algo para judar uma pessoa e você pode fazer sem atrapalhar a sua vida, faça. Se para ajudar uma pessoa você tiver que deixar os seus esperando ou tirar da sua família para ceder para outros, esqueça, a verdadeira caridade começa na nossa casa, e a sua primeira casa é o seu corpo.
Pense nisso!
(Paulo Roberto Gaefke)

Veja tambem em PPS (está em PPS KARIN)

Recomeçar (Faxina da Alma)

Paulo Roberto Gaefke
(não é de Carlos Drummond de Andrade)

Não importa onde você parou…
em que momento da vida você cansou…
o que importa é que sempre é possível e necessário
“Recomeçar”.

Recomeçar é dar uma nova chance a si mesmo…
é renovar as esperanças na vida e o mais importante…
acreditar em você de novo.

Sofreu muito nesse período?
foi aprendizado…

Chorou muito?
foi limpeza da alma…

Ficou com raiva das pessoas?
foi para perdoá-las um dia…

Sentiu-se só por diversas vezes?
É por que fechaste a porta até para os anjos…

Acreditou que tudo estava perdido?
Era o início da tua melhora…

Pois é…agora é hora de reiniciar…de pensar na luz…
de encontrar prazer nas coisas simples de novo.

Que tal um novo emprego? Uma nova profissão?
Um corte de cabelo arrojado… diferente?
Um novo curso… ou aquele velho desejo de aprender a
pintar… desenhar… dominar o computador…
ou qualquer outra coisa…

Olha quanto desafio…
quanta coisa nova nesse mundão de meu Deus te esperando.

Tá se sentindo sozinho? besteira…
tem tanta gente que você afastou com
o seu “período de isolamento”…
tem tanta gente esperando apenas um sorriso teu
para “chegar” perto de você.

Quando nos trancamos na tristeza…
nem nós mesmos nos suportamos…
ficamos horríveis… o mal humor vai comendo nosso fígado…
até a boca fica amarga.

Recomeçar…
hoje é um bom dia para começar novos desafios.

Onde você quer chegar?
Vá alto… sonhe alto… queira o melhor do melhor…
queira coisas boas para a vida…
pensando assim trazemos prá nós aquilo que desejamos…

Se pensamos pequeno… coisas pequenas teremos…
já se desejarmos fortemente o melhor e
principalmente lutarmos pelo melhor…
o melhor vai se instalar na nossa vida.

E é hoje o dia da faxina mental…
jogar fora tudo que te prende ao passado…
ao mundinho de coisas tristes…
fotos… peças de roupa, papel de bala…
ingressos de cinema… bilhetes de viagens…
e toda aquela tranqueira que guardamos
quando nos julgamos apaixonados…

jogue tudo fora… mas principalmente…
esvazie seu coração… fique pronto para a vida…
para um novo amor…

Lembre-se somos apaixonáveis…
somos sempre capazes de amar muitas
e muitas vezes… afinal de contas…
Nós somos o “Amor”…

Nada supera o amor

Pra nunca mais chorar…

Passava do meio dia, o cheiro de pão quente invadia aquela rua, um sol escaldante convidava a todos para um refresco…

Ricardinho não agüentou o cheiro bom do pão e falou:
– Pai, tô com fome!!!

O pai, Agenor, sem ter um tostão no bolso, caminhando desde muito cedo em busca de um trabalho, olha com os olhos marejados para o filho e pede mais um pouco de paciência…
– Mas pai, desde ontem não comemos nada, eu tô com muita fome, pai!!!

Envergonhado, triste e humilhado em seu coração de pai, Agenor pede para o filho aguardar na calçada enquanto entra na padaria a sua frente…

Ao entrar dirige-se a um homem no balcão:
– Meu senhor, estou com meu filho de apenas 6 anos na porta, com muita fome, não tenho nenhum tostão, pois sai cedo para buscar um emprego e nada encontrei, eu lhe peço que em nome de Jesus me forneça um pão para que eu possa matar a fome desse menino, em troca posso varrer o chão de seu estabelecimento, lavar os pratos e copos, ou outro serviço que o senhor precisar!!!

Amaro, o dono da padaria estranha aquele homem de semblante calmo e sofrido,
pedir comida em troca de trabalho e pede para que ele chame o filho…

Agenor pega o filho pela mão e apresenta-o a Amaro, que imediatamente pede que os dois sentem-se junto ao balcão, onde manda servir dois pratos de comida do famoso PF (Prato Feito) – arroz, feijão, bife e ovo…

Para Ricardinho era um sonho, comer após tantas horas na rua…

Para Agenor, uma dor a mais, já que comer aquela comida maravilhosa fazia-o lembrar-se da esposa e mais dois filhos que ficaram em casa apenas com um punhado de fubá…

Grossas lágrimas desciam dos seus olhos já na primeira garfada…

A satisfação de ver seu filho devorando aquele prato simples como se fosse um manjar dos deuses, e a lembrança de sua pequena família em casa, foi demais para seu coração tão cansado de mais de 2 anos de desemprego, humilhações e necessidades…

Amaro se aproxima de Agenor e percebendo a sua emoção, brinca para relaxar:
– Ô Maria!!! Sua comida deve estar muito ruim… Olha o meu amigo está até chorando de tristeza desse bife, será que é sola de sapato?!?!

Imediatamente, Agenor sorri e diz que nunca comeu comida tão apetitosa, e que agradecia a Deus por ter esse prazer…

Amaro pede então que ele sossegue seu coração, que almoçasse em paz e depois conversariam sobre trabalho…

Mais confiante, Agenor enxuga as lágrimas e começa a almoçar, já que sua fome já estava nas costas…

Após o almoço, Amaro convida Agenor para uma conversa nos fundos da padaria, onde havia um pequeno escritório…

Agenor conta então que há mais de 2 anos havia perdido o emprego e desde então, sem uma especialidade profissional, sem estudos, ele estava vivendo de pequenos “biscates aqui e acolá”, mas que há 2 meses não recebia nada…

Amaro resolve então contratar Agenor para serviços gerais na padaria, e penalizado, faz para o homem uma cesta básica com alimentos para pelo menos 15 dias…

Agenor com lágrimas nos olhos agradece a confiança daquele homem e marca para o dia seguinte seu início no trabalho…

Ao chegar em casa com toda aquela “fartura”, Agenor é um novo homem – sentia esperanças, sentia que sua vida iria tomar novo impulso…

Deus estava lhe abrindo mais do que uma porta, era toda uma esperança de dias melhores…

No dia seguinte, às 5 da manhã, Agenor estava na porta da padaria ansioso para iniciar seu novo trabalho…

Amaro chega logo em seguida e sorri para aquele homem que nem ele sabia porque estava ajudando…

Tinham a mesma idade, 32 anos, e histórias diferentes, mas algo dentro dele chamava-o para ajudar aquela pessoa…

E, ele não se enganou – durante um ano, Agenor foi o mais dedicado trabalhador daquele estabelecimento, sempre honesto e extremamente zeloso com seus deveres…

Um dia, Amaro chama Agenor para uma conversa e fala da escola que abriu vagas para a alfabetização de adultos um quarteirão acima da padaria, e que ele fazia questão que Agenor fosse estudar…

Agenor nunca esqueceu seu primeiro dia de aula: a mão trêmula nas primeiras letras e a emoção da primeira carta…

Doze anos se passam desde aquele primeiro dia de aula…

Vamos encontrar o Dr. Agenor Baptista de Medeiros, advogado, abrindo seu escritório para seu cliente, e depois outro, e depois mais outro…

Ao meio dia ele desce para um café na padaria do amigo Amaro, que fica impressionado em ver o “antigo funcionário” tão elegante em seu primeiro terno…

Mais dez anos se passam, e agora o Dr. Agenor Baptista, já com uma clientela que mistura os mais necessitados que não podem pagar, e os mais abastados que o pagam muito bem, resolve criar uma Instituição que oferece aos desvalidos da sorte, que andam pelas ruas, pessoas desempregadas e carentes de todos os tipos, um prato de comida diariamente na hora do almoço…

Mais de 200 refeições são servidas diariamente naquele lugar que é administrado pelo seu filho, o agora nutricionista Ricardo Baptista…

Tudo mudou, tudo passou, mas a amizade daqueles dois homens, Amaro e Agenor impressionava a todos que conheciam um pouco da história de cada um…

Contam que aos 82 anos os dois faleceram no mesmo dia, quase que a mesma hora, morrendo placidamente com um sorriso de dever cumprido…

Ricardinho, o filho mandou gravar na frente da “Casa do Caminho”, que seu pai fundou com tanto carinho:

“Um dia eu tive fome, e você me alimentou. Um dia eu estava sem esperanças e você me deu um caminho. Um dia acordei sozinho, e você me deu Deus, e isso não tem preço. Que Deus habite em seu coração e alimente sua alma. E, que te sobre o pão da misericórdia para estender a quem precisar!!!”

Autor:  Paulo  Roberto Gaefke
Site do Autor: www.meuanjo.com.br

Fardos Inúteis

Paulo Roberto Gaefke
Conta uma lenda, que dois monges que atravessavam uma área deserta, quando diante de um rio violento,
avistaram uma linda jovem que tentava atravessá-lo sem sucesso.
Um dos monges, não sem dificuldades,
Atravessou o rio e colocando a mulher em suas costas Conseguiu atravessar o rio em segurança.
A jovem abraçou-o agradecida,
Comovida com o seu gesto e seguiu seu caminho…

Retomando a jornada, o outro monge que assistiu a tudo calado, repreendeu o amigo, falando do contato carnal que houve com aquela jovem, da tentação de ter aquele contato mais direto com uma mulher,
O que era proibido pelas suas leis e durante um bom trecho do caminho, esse monge falou sobre a mulher e sobre o pecado cometido até que aquele que ajudou a jovem na travessia falou:

Querido amigo, eu atravessei o rio com a jovem e lá eu a deixei, mas você ainda continua carregando-a em seus pensamentos…

Assim, todos sabem que Deus não nos dá fardos maiores que aqueles que podemos suportar, e muitos dos nossos fardos já poderiam estar abandonados em outras curvas da vida,
mas nós insistimos em carregá-los.

Levamos nossas dores e frustrações ao extremo.
Dramatizamos demais, elevamos ao cubo cada dor, cada ofensa, cada contrariedade e por isso, não conseguimos relaxar, perdoar ou mesmo ser feliz, pois o peso que vamos acumulando em nossas costas são demais para qualquer cristão.

Neste dia especial, eu lhe convido a uma reflexão.
Quais são os fardos que você continua carregando e que já não estão mais com você?
Qual é a dor que você anda revivendo e fazendo com que velhas feridas voltem a sangrar?
Por que você não consegue perdoar quem lhe magoou?
Quantas oportunidades você anda deixando para trás por estar amarrado ao passado?
Desarme-se dos velhos pensamentos;
Do espírito da revolta, da tristeza.
Hoje é dia de desmontar o velho acampamento do comodismo e seguir adiante na longa jornada que a vida apresenta.
Quanto mais leve a sua mochila, mais fácil a subida rumo a felicidade…

Decida-se

Lógico que você merece ser feliz
Um sonho é para ser realizado, e o seu está cada vez mais maduro.
Tenha atitudes positivas: a noite você sonha, de dia realize.
Eleve seu pensamento a Deus diariamente e agradeça tudo que conquistar.

Por favor, não se compare com ninguém.
Entenda de uma vez por todas que você é único.
Lance seu desafio ao Universo e diga:
Agora é a minha vez!

Sua determinação é do tamanho da sua necessidade.
Uma estrada só se vence quando se dá o primeiro passo e sem olhar para a distância.
As boas novas se conquistam com pequenos gestos.

Faça de cada dia, um novo dia de vitória.
Esqueça o passado, perdoe!
Liberte-se de qualquer amarra que possa te segurar no cais da tristeza.
Insista mais um pouco, dê mais um passo.
Cuide de seus pensamentos e suas palavras. Use tudo com bom senso.
Invista na sua paz, diga não quando precisar.
Dedique alguns minutos para cuidar de você diariamente.
Apaixone-se por tudo o que for fazer. Compre a idéia. Vista a camisa.
Definitivamente, eu não conheço ninguém mais pronto para prosperar.
E ser feliz, é a escolha que te cabe nesse momento. Você merece!

Eu acredito em você!
Paulo Roberto Gaefke

Respeito

Não se assuste com as atitudes das pessoas que lhe cercam; nem sempre
elas estão no seu melhor dia, e todos nós temos o direito de
estarmos chateados ou até tristes e sem vontade de falar com
ninguém. Portanto, respeite o indivíduo que existe em cada pessoa;
não crie expectativas com a vida dos outros, você acaba se
machucando e fazendo com que as pessoas se sintam responsáveis por
atitudes que só você esperava, que você nem sequer comunicou a
pessoa interessada, apenas desejou em seu íntimo.
Tudo tem seu tempo!
E o seu tempo de plantar é todos os dias; é a cada minuto. Semeie
amor, distribua sementes de carinho e em breve você irá ter a maior
colheita de felicidade que um ser humano pode ter. Nada supera o
amor, velhas mágoas desaparecem sob a ação do amor; inimigos se
abraçam em nome do amor; parentes afastados se reencontram em nome
do amor, e você será abençoado pelo amor que Deus derrama, todos os
dias, sobre a sua cabeça em sinal de que Ele acredita em você, sempre!
           
Paulo Roberto Gaefke

Dores da Alma

 
As dores da alma não deixam recados,
imprimem uma sentença que
perdura pelos anos.
Um amor que acabou mal resolvido,
um emprego que se perdeu inexplicavelmente,
um casamento que mal começou e já terminou,
uma amizade que acabou com traição,
tudo vai deixando sinais, marcas profundas…
 
Precisamos trabalhar as dores da alma,
para que sirvam apenas de aprendizado,
extraindo delas a capacidade de
nos fortalecermos,
aprendendo que o melhor de nós,
ainda está em nós mesmos,
que amando-nos incondicionalmente,
descobrimos a auto-estima,
que se deixarmos seguir o caminho da
dor e da lamentação,
iremos buraco abaixo no caminho
da depressão.
 

 
As dores da alma não saem no jornal,
não viram capa de revista, e só quem sente,
pode avaliar o estrago que elas causam.
Como não existe vacina para amores
mal resolvidos,
nem para decepções diárias,
o que vale é a prevenção, então:
 
Ame-se para amar e ser verdadeiramente amado,
sorria para que o mundo seja mais gentil,
dedique-se, para que as falhas sejam pequenas,
não se compare, você é único,
repare nas pequenas coisas,
mas cuidado com as grandes que as vezes
estão bem diante do nosso nariz e
não enxergamos,
sonhe,
pois o sonho é o combustível da realização,
tenha amigos e seja o melhor amigo de todos,
apaixone-se pela vida e por tudo o que é seu,
sinta o seu cheiro e acredite em seu
poder de sedução,
estimule-se,
contagie o mundo com o seu melhor,
creia em Deus,
pois sem Ele não há razão em nada,
e tenha sempre a absoluta certeza de que,
depois da forte tempestade,
o arco-íris vai surgir
e o sol vai brilhar ainda mais forte.
 

Paulo Roberto Gaefke


Criado em 19 JUL 08

  • 2,914,466 visitas

Enter your email address to subscribe to this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 750 outros seguidores

Loja Virtual

✌🤘#rockinrio 😍

Mensagens (Ordem Alfabética)