Archive for the 'Ação e Reação' Category

Um amor de verdade

Anúncios

Sementes

Nós somos feitos de EMOÇÕES

Salve o planeta!

Deixe de Sofrer!

“Porque motivo eu tenho que sofrer tanto assim?

Porque as pessoas são tão ruins comigo?”

 A pergunta certa seria:

 “Como eu atraí tanto sofrimento em minha vida? ”

 Sim porque foi você que atraiu não só os tipos de pessoas com as quais tem convivido

como os fatos desagradáveis que lhe acontecem.

 

Tudo isso tem uma causa. Suas atitudes diante da vida, a maneira como olha os fatos do dia-a-dia.

Muitas pessoas dizem que tentaram tudo, mas nada da certo.

Fizeram muitas coisas fora de si, mas nunca olharam para dentro de suas crenças nem mudaram

a verdadeira causa, porque não se julgam responsáveis pelo que lhes acontece.

 

Você vê a vida de forma negativa. Como não acredita em vida melhor,

aceita como naturais todas as maldades dos outros contra você.

Acredita na força do mal, por isso só atrai o mal.

 

Para mudar a sua vida você não precisa tomar nenhuma providência externa,

basta modificar suas atitudes. Se persistir, em pouco tempo as coisas começarão a se modificar.

Às vezes essas mudanças são radicais. Seja o que for acontecer, não tenha medo.

Elas são para melhor. Continue evitando pensar no mal e acreditando no bem.

 Quando tudo vai mal, a única saída para melhorar é pensar no bem.

Zibia Gasparetto

Pra nunca mais chorar…

Passava do meio dia, o cheiro de pão quente invadia aquela rua, um sol escaldante convidava a todos para um refresco…

Ricardinho não agüentou o cheiro bom do pão e falou:
– Pai, tô com fome!!!

O pai, Agenor, sem ter um tostão no bolso, caminhando desde muito cedo em busca de um trabalho, olha com os olhos marejados para o filho e pede mais um pouco de paciência…
– Mas pai, desde ontem não comemos nada, eu tô com muita fome, pai!!!

Envergonhado, triste e humilhado em seu coração de pai, Agenor pede para o filho aguardar na calçada enquanto entra na padaria a sua frente…

Ao entrar dirige-se a um homem no balcão:
– Meu senhor, estou com meu filho de apenas 6 anos na porta, com muita fome, não tenho nenhum tostão, pois sai cedo para buscar um emprego e nada encontrei, eu lhe peço que em nome de Jesus me forneça um pão para que eu possa matar a fome desse menino, em troca posso varrer o chão de seu estabelecimento, lavar os pratos e copos, ou outro serviço que o senhor precisar!!!

Amaro, o dono da padaria estranha aquele homem de semblante calmo e sofrido,
pedir comida em troca de trabalho e pede para que ele chame o filho…

Agenor pega o filho pela mão e apresenta-o a Amaro, que imediatamente pede que os dois sentem-se junto ao balcão, onde manda servir dois pratos de comida do famoso PF (Prato Feito) – arroz, feijão, bife e ovo…

Para Ricardinho era um sonho, comer após tantas horas na rua…

Para Agenor, uma dor a mais, já que comer aquela comida maravilhosa fazia-o lembrar-se da esposa e mais dois filhos que ficaram em casa apenas com um punhado de fubá…

Grossas lágrimas desciam dos seus olhos já na primeira garfada…

A satisfação de ver seu filho devorando aquele prato simples como se fosse um manjar dos deuses, e a lembrança de sua pequena família em casa, foi demais para seu coração tão cansado de mais de 2 anos de desemprego, humilhações e necessidades…

Amaro se aproxima de Agenor e percebendo a sua emoção, brinca para relaxar:
– Ô Maria!!! Sua comida deve estar muito ruim… Olha o meu amigo está até chorando de tristeza desse bife, será que é sola de sapato?!?!

Imediatamente, Agenor sorri e diz que nunca comeu comida tão apetitosa, e que agradecia a Deus por ter esse prazer…

Amaro pede então que ele sossegue seu coração, que almoçasse em paz e depois conversariam sobre trabalho…

Mais confiante, Agenor enxuga as lágrimas e começa a almoçar, já que sua fome já estava nas costas…

Após o almoço, Amaro convida Agenor para uma conversa nos fundos da padaria, onde havia um pequeno escritório…

Agenor conta então que há mais de 2 anos havia perdido o emprego e desde então, sem uma especialidade profissional, sem estudos, ele estava vivendo de pequenos “biscates aqui e acolá”, mas que há 2 meses não recebia nada…

Amaro resolve então contratar Agenor para serviços gerais na padaria, e penalizado, faz para o homem uma cesta básica com alimentos para pelo menos 15 dias…

Agenor com lágrimas nos olhos agradece a confiança daquele homem e marca para o dia seguinte seu início no trabalho…

Ao chegar em casa com toda aquela “fartura”, Agenor é um novo homem – sentia esperanças, sentia que sua vida iria tomar novo impulso…

Deus estava lhe abrindo mais do que uma porta, era toda uma esperança de dias melhores…

No dia seguinte, às 5 da manhã, Agenor estava na porta da padaria ansioso para iniciar seu novo trabalho…

Amaro chega logo em seguida e sorri para aquele homem que nem ele sabia porque estava ajudando…

Tinham a mesma idade, 32 anos, e histórias diferentes, mas algo dentro dele chamava-o para ajudar aquela pessoa…

E, ele não se enganou – durante um ano, Agenor foi o mais dedicado trabalhador daquele estabelecimento, sempre honesto e extremamente zeloso com seus deveres…

Um dia, Amaro chama Agenor para uma conversa e fala da escola que abriu vagas para a alfabetização de adultos um quarteirão acima da padaria, e que ele fazia questão que Agenor fosse estudar…

Agenor nunca esqueceu seu primeiro dia de aula: a mão trêmula nas primeiras letras e a emoção da primeira carta…

Doze anos se passam desde aquele primeiro dia de aula…

Vamos encontrar o Dr. Agenor Baptista de Medeiros, advogado, abrindo seu escritório para seu cliente, e depois outro, e depois mais outro…

Ao meio dia ele desce para um café na padaria do amigo Amaro, que fica impressionado em ver o “antigo funcionário” tão elegante em seu primeiro terno…

Mais dez anos se passam, e agora o Dr. Agenor Baptista, já com uma clientela que mistura os mais necessitados que não podem pagar, e os mais abastados que o pagam muito bem, resolve criar uma Instituição que oferece aos desvalidos da sorte, que andam pelas ruas, pessoas desempregadas e carentes de todos os tipos, um prato de comida diariamente na hora do almoço…

Mais de 200 refeições são servidas diariamente naquele lugar que é administrado pelo seu filho, o agora nutricionista Ricardo Baptista…

Tudo mudou, tudo passou, mas a amizade daqueles dois homens, Amaro e Agenor impressionava a todos que conheciam um pouco da história de cada um…

Contam que aos 82 anos os dois faleceram no mesmo dia, quase que a mesma hora, morrendo placidamente com um sorriso de dever cumprido…

Ricardinho, o filho mandou gravar na frente da “Casa do Caminho”, que seu pai fundou com tanto carinho:

“Um dia eu tive fome, e você me alimentou. Um dia eu estava sem esperanças e você me deu um caminho. Um dia acordei sozinho, e você me deu Deus, e isso não tem preço. Que Deus habite em seu coração e alimente sua alma. E, que te sobre o pão da misericórdia para estender a quem precisar!!!”

Autor:  Paulo  Roberto Gaefke
Site do Autor: www.meuanjo.com.br

Crime e Castigo

Neste clima de desconfiança, as pessoas indignadas clamam a punição dos culpados!
Quem erra precisa ser punido.
 
Porque será que há tanta pressa em condenar?
Parece que as pessoas sentem prazer em punir, como se isso pudesse resolver todos os problemas.
Será o desejo inconfessável de mostrar aos outros que elas são melhores e nunca cometeriam esses erros?
 
A sede de justiça pode no fundo ser um senso de defesa, uma vontade de que tudo melhore e que nossa sociedade se humanize.
 
Mas como cada pessoa possui critérios diferenciados do que seja o bem, quando “baixa” nela a(o) justiceira(o), que quer pôr ordem no mundo a seu modo, a confusão aumenta.
Isso acontece com você?
 
Como você está “defendendo” o bem?
Eu pergunto:
De que forma está fazendo isso?
 
É preciso castigar, punir o que errou, para que ele “pague” por seu crime. Nos filmes, nas novelas de TV, todos sentem prazer quando o “bandido” é punido. Quando a polícia mata o marginal, as pessoas aplaudem, como se isso fosse natural, sem perceber que a vingança alimenta a violência.
 
O castigo não é vingança?
 
Deus não castiga ninguém, mas dispõe os fatos de forma a que cada um colha aquilo que plantou. Não se vinga, nem se compraz com o sofrimento humano. Ao contrário, sua compaixão se estende sempre, dosando a colheita de cada um, de acordo com o que ele precisa aprender. Não existe punição, só aprendizagem.

Bola da Vida

Através de nós

Dia a dia construímos
mundos dentro de mundos…
E sem nos darmos conta, vamos enredando-nos,
emaranhando-nos cada vez mais com nossas criações,
com nossas ilusões,
com nossa falta de cuidado para conosco.

O que gera movimento é a vontade de cada um.
Cada um é responsável por tudo que acontece dia a dia neste planeta.
Quando o objetivo de cada um
for atingir a paz, a paz virá.
Mas, enquanto houver outros interesses que não sejam aqueles que nos iluminam interiormente, ainda estaremos à mercê
de muitos acontecimentos que, por vezes, poderão confundir nossos planos,
atrasar nossos passos.

A tua face está refletida na do teu irmão,
o espelho do mundo são os teus olhos.

Juntos estamos nesta longa jornada
que também pode vir a ser muito curta,
se assim desejarmos.
Quando abrirmos nossa visão àquilo
que realmente importa,
àquilo que pode nos trazer a única coisa
a ser verdadeiramente conhecida,
sim, tudo andará mais rápido e
aprenderemos facilmente o caminho.
É através de nós que a paz virá.
É através de nós que o mundo será pleno.
É através de nós que os ventos soprarão
e as chuvas cairão.
É através de nós que o aprendizado será concluído, dando-nos assim,
a alegria de viver em comunhão com os povos, com a natureza e com Aquele que tudo criou.
 
http://www.paz.com.br/index4.html

Se Você Quer Transformar o Mundo

 

(Dalai Lama)  

Se você quer transformar o mundo, experimente primeiro promover o seu aperfeiçoamento pessoal e realizar inovações no seu próprio interior.

Estas atitudes se refletirão em mudanças positivas no seu ambiente familiar.

Deste ponto em diante, as mudanças se expandirão em proporções cada vez maiores.

Tudo o que fazemos produz efeito, causa algum impacto.

Semear

Quem planta árvores, colhe alimento.
 
Quem semeia flores, colhe perfume.
 
Quem semeia o trigo, colhe o pão.
 
Quem planta amor, colhe amizade.
 
Quem semeia alegria, colhe felicidade.
 
Quem planta a vida, colhe milagres.
 
Quem semeia a verdade, colhe confiança.
 
Quem planta fé, colhe a certeza.
 
Quem semeia carinho, colhe gratidão.
 
No entanto, há quem prefira,
 
semear tristeza e colher desconsolo,
 
plantar discórdia e colher solidão,
 
semear vento e colher tempestade,
 
plantar ira e colher desafeto,
 
semear descaso e colher um adeus,
 
plantar injustiça e colher abandono.
 
Somos semeadores conscientes,
 
espalhamos diariamente
 
milhões de sementes ao nosso redor.
 
Que possamos escolher
 
sempre as melhores,
 
para que, ao recebermos
 
a dádiva da colheita farta,
 
tenhamos apenas motivos para agradecer.

O amor e o amar

Um esposo foi visitar um sábio conselheiro e disse-lhe
que já não amava sua esposa e que pensava em separar-se.
O sábio escutou-o, olhou-o nos olhos e disse-lhe apenas uma palavra:
 
– Ame-a. E logo se calou.
 
–  Mas, já não sinto nada por ela!
 
– Ame-a, disse-lhe novamente o sábio.
 
E diante do desconcerto do esposo, depois de um breve silêncio, disse-lhe o seguinte:
 
 
“Amar é uma decisão, não um sentimento; amar é dedicação e entrega.
 
“Amar é um verbo e o fruto dessa ação é o amor.
 
O amor é um substantivo, um exercício de jardinagem: arranque o que faz mal,
 
prepare o terreno, semeie, seja paciente , regue e cuide.
 
Esteja preparado porque haverá pragas, secas ou excessos de chuvas
 
mas nem por isso, abandone o seu jardim.
 
Ame seu par, ou seja, aceite-o, valorize-o, respeite-o, dê afeto e ternura,
 
admire e compreenda-o. Isso é tudo. Ame, simplesmente ame!”
 
*********************************************************************************
 
O amor é sempre a resposta, não importa qual seja a pergunta…
 
*********************************************************************************

Doe-se

Os outros são como você.
 
Se lhes der atenção e um sorriso sincero, leva-os a assim
agirem com você, devolvendo o que receberam.
 
Os pensamentos e ações de amor geram amor, a paz gera a paz
e o ódio gera o ódio. Se você tratar bem a esposa,  o chefe,
o amigo, o colega, eles deixarão de ser rudes ou indiferentes.
 
Se preciso, retifique sua maneira de ser, transforme-se, ame e será amado.
 
Você tem coisas agradabilíssimas para dar. Doe-se. Expanda
o seu amor, seu otimismo, sua maneira especial de ser.
 
Só é feliz quem faz os outros felizes.
 
Lourival Lopes

Ação

Com certeza você conhece o velho ditado que diz:
 
 “Quem semeia urtiga não colhe rosas”.
 
É através de suas ações que o mundo reage a você.
 
São suas ações que determinam a qualidade do seu destino,
 
da sua vida; são elas que plantam as sementes do seu futuro.
 
Uma ação desastrada provoca reações negativas;
 
 depois vêm o arrependimento e as desculpas
 
 – que quase sempre não adiantam mais.
 
 Por isso, antes de achar que a sorte abandonou você,
 
faça um exame de consciência,
 
 relembre seus últimos passos,
 
 analise friamente suas atitudes e seu comportamento
 
 – veja se suas ações não foram egoístas ou raivosas.
 
E procure melhorar.
 
De nada adianta um discurso lindo,
 
 se em suas ações você demonstra exatamente o contrário.
 
 Pense nisso.
 
“Um grama de ação vale mais do que uma tonelada de teoria!”
(Engels)


Criado em 19 JUL 08

  • 2,932,244 visitas

Enter your email address to subscribe to this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 749 outros seguidores

Loja Virtual

Como roubar uma naninha 😁

Mensagens (Ordem Alfabética)