Ser chique…

Nunca o termo “chique” foi tão usado para qualificar pessoas como nos dias de hoje.
A verdade é que ninguém é chique por decreto. E algumas boas coisas da vida, infelizmente, não estão à venda. Elegância é uma delas.
Assim, para ser chique é preciso muito mais que um guarda-roupa ou closet recheado de grifes famosas e importadas. Muito mais que um belo carro Italiano.
O que faz uma pessoa chique, não é o que essa pessoa tem, mas a forma como ela se comporta perante a vida.
Chique mesmo é ser discreto.
Quem não procura chamar atenção com suas risadas muito altas, nem por seus imensos decotes e nem precisa contar vantagens, mesmo quando estas são verdadeiras.

Chique é atrair, mesmo sem querer, todos os olhares, porque se tem brilho próprio.
Chique mesmo é ser discreto, não fazer perguntas ou insinuaçõe inoportunas, nem procurar saber o que não é da sua conta.
É evitar se deixar levar pela mania nacional de jogar lixo na rua.
Chique mesmo é dar bom dia ao porteiro do seu prédio e às pessoas que estão no elevador.
É lembrar-se do aniversário dos amigos.
Chique mesmo é não se exceder jamais!
Nem na bebida, nem na comida, nem na maneira de se vestir.
Chique mesmo é olhar nos olhos do seu interlocutor.
É “desligar o radar”, “o telefone”, quando estiver sentado à mesa do restaurante, prestar verdadeira atenção a sua companhia.
Chique mesmo é honrar a sua palavra, ser grato a quem o ajuda, correto com quem você se relaciona e honesto nos seus negócios.
Chique mesmo é não fazer a menor questão de aparecer, ainda que você seja o homenageado da noite!
Chique do chique é não se iludir com “trocentas” plásticas do físico… quando se pretende corrigir o caráter: não há plástica que salve grosseria, incompetência, mentira, fraude, agressão, intolerância, ateísmo…falsidade.
Mas, para ser chique, chique mesmo, você tem, antes de tudo, de se lembrar sempre de o quão breve é a vida e de que, ao final e ao cabo, vamos todos terminar da mesma maneira, mortos sem levar nada material deste mundo.

Portanto, não gaste sua energia com o que não tem valor, não desperdice as pessoas interessantes com quem se encontrar e não aceite, em hipótese alguma, fazer qualquer coisa que não lhe faça bem, que não seja correta.
Lembre-se: o diabo parece chique, mas o inferno não tem qualquer glamour!
Porque, no final das contas, chique mesmo é Crer em Deus!
Investir em conhecimento pode nos tornar sábios… mas, Amor e Fé nos tornam humanos!

Gilka Maria

2 Responses to “Ser chique…”


  1. 1 Bylovingyoueverythingmatters maio 7, 2012 às 8:28 pm

    Sometime ago, I heard Glória talking about this subject and I became very impressed and enthusiastic by her directive discourse and I thought that the topic was good to generate a debate about our behavior in our societies, about the difference between real values and deceptive values. But today when I read this text I took it in a very personal level. It touched me deeply and made me felt more down that I ever have been. By just having the thought that I might had hurt and disappointed someone, by not showing clearly my love, faith, intentions and gratitude, by acting in the impulse of the spare moment and saying things that were not pleasant or not being discrete when necessary, or isolating myself from my close friends, I feel a sensation that I am so imperfect. This article is so strong that made me to think about my weaknesses in my misfortunes and made me feel inclined to try to become stronger and to be more careful with what I say to others and what I do and what I feel. I felt the power of the process of catharsis. Como Glória Kallil diz: “Amor e fé nos tornam humanos!” Love, faith and real values have been the meaning and the propellers in my life. The maintenance of these propellers have been very high energy maintenance, but at least I am still working on these defective propellers to continue living. Thank you very much for your post.

  2. 2 Angie Dois dezembro 30, 2012 às 7:34 am

    O texto não é de Glória Kalil, sendo na verdade um plágio do texto Ser chique, uma questão de atitude de Gilka Maria, extraído do livro A quem interessar possa. Alguém na internet atribuiu a Glória Kalil


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Criado em 19 JUL 08

  • 2,842,537 visitas

Enter your email address to subscribe to this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 730 outros seguidores

Loja Virtual

Aproveite pra comprar os presentes de NATAL! ❤💙💚💛 Acesse nosso site para ver mais:
http://www.gentequeadora.com.br/

Mensagens (Ordem Alfabética)


%d blogueiros gostam disto: